Estilista curitibana Carolina Nogara lança coleção ROMA

Lançamento da coleção outono-inverno da Nogara Fashion Design. O embarque realizado às 20h18 do dia 24 de abril.

Roma – O espírito cigano da moda contemporânea

Na era das redes, a moda se alimenta da mistura e da experimentação. A possibilidade de acompanhar de maneira instantânea a evolução de estilos por todo o planeta fez surgir no universo da moda uma espécie de nomadismo contemporâneo – a atitude de percorrer territórios reais e imaginários e expressá-los num estilo pessoal. 

O termo Roma designa os povos nômades que têm pelo menos dois traços em comum: a origem nas planícies do Punjab, no noroeste do subcontinente indiano, e a língua romani. São os ciganos.   
Por muitos séculos associado à imagem do viajante explorador, ao exótico e ao místico, o arquétipo cigano hoje encarna o paradoxo de um modo de ser que abraça a diversidade – bebendo de referências próximas ou longínquas – sem perder sua identidade. 

Roma – O espírito cigano da moda contemporânea é o tema da mais nova coleção da estilista Carolina Nogara, com lançamento agendado para o próximo 24 de abril, numa passarela em plena oficina de trens da Estação Ferroviária de Curitiba. A coleção remete à cultura cigana como metáfora para a atitude de aventura e miscigenação na composição de estilos, e também traduz uma estética libertária em relação a um código de estilos, vestimentas e ornamentos que tem na mescla e na experimentação seu fundamento.  

Roma dá corpo à minha percepção de como as pessoas se descobrem e se expressam na atualidade”, diz Carolina. “É uma época de livre experimentação, mas guiada pela busca de um estilo ao mesmo tempo único e aberto ao mundo. Um movimento que naturaliza o exótico e dialoga com todos os tempos, numa atitude desbravadora, provocadora e sincrética que gosto de associar ao povo cigano”. 

Carolina Nogara

Carolina Nogara é estilista com moda e costura impressa nos genes. Sua formação deu-se nos oito ateliês que a mãe conduzia em Curitiba e Ponta Grossa durante sua infância. Na adolescência aprendeu a atender, tecer e fazer arte de retalhos nos intervalos do trabalho.

Levou o aprendizado da costura criativa à academia, profissionalizando-se na conceituada Polimoda de Firenze. Além de estilista, Carolina é costureira, e faz jus à tradição das antigas modistas, com um trabalho artesanal que valoriza o gosto individual e a expressão do estilo de cada pessoa.

Em 2011, aos 22 anos, retornou a Curitiba, abrindo o Nogara Fashion Design, hoje sediado no coração do Batel. Ali, ela modela e confecciona, com reaproveitamento máximo de insumos,  de malharia a alta costura e peleteria, além de customizar, reformar, reciclar, produzir desfiles e figurinos cenográficos, atuar como personal stylist e ilustradora de moda. Voltado ao slow fashion, suas coleções priorizam o reaproveitamento de tecidos, uso de fibra natural, peças sem gênero e parcerias com fornecedores locais.

Nogara Fashion Design

Nogara Fashion Design

O ateliê Nogara propõe-se a transformar com arte todo o processo de confecção, reparo e customização de roupas e acessórios. A estilista defende um conceito de moda individual, peças conformadas às medidas do corpo e do gosto de cada um. 

“Uma saia não é uma simples saia”, afirma. “É a sua saia, tem o tecido, cor, tamanho e caimento que combinam com o seu gosto e, o mais importante, lhe agradam. Gordinha, magrela, não importa. O que importa é o modo como cada um se afirma no seu próprio estilo”.